top of page
Buscar
  • Foto do escritorVânia Trindade

Por que não tenho dinheiro se as vendas vão bem



Veja se você já passou por uma situação como esta: as vendas vão bem, os vendedores estão ocupados, atendendo a uma boa demanda de clientes, os pedidos são fechados em um ótimo número e ritmo e, ainda assim, parece que não sobra dinheiro para a empresa. Já aconteceu com você? Pois saiba que essa situação é muito mais comum do que a gente gostaria que fosse.

Afinal, por que não tenho dinheiro se as vendas vão bem? Para onde esse dinheiro está indo, se as vendas efetivamente acontecem? É muito importante entender porque isso acontece, e posso adiantar que existem quatro diferentes fatores que permitem essa situação. Vamos ver quais são?

Prazo de longo recebimento

Este é um problema que afeta diretamente o ciclo operacional da nossa empresa, ou seja, o tempo que demora para uma mercadoria ser comprada e, depois, vendida. Já parou para imaginar o que acontece, por exemplo, quando o prazo de pagamento dado pelo fornecedor é pequenino e o prazo de pagamento oferecido e aceito pelo cliente é longo?

Imagina o que acontece se você tem que pagar a mercadoria comprada em 30 dias, mas parcelou a compra do seu cliente em dez vezes sem juros. Isso significa que será preciso ter mais dinheiro em mãos para sua operação acontecer, o chamado capital de giro, e para isso possivelmente você terá que fazer um empréstimo, que tem juros e custa caro! Inadimplência

Você já parou para analisar seus índices de inadimplência? Qual a parcela dos seus clientes que está com seus compromissos em dia com o seu negócio? Quantos estão em dívida com sua empresa? Vender e não receber é muito pior do que simplesmente não vender, não é verdade? O Governo, por exemplo, não vai querer saber que seu cliente não lhe pagou e, ainda assim, vai cobrar todos os impostos direitinho.

Precificação errada

Você também já analisou o preço do seu produto e pensou se ele está condizente e proporcionará lucro? Tem gente que acha que basta colocar uma margem sobre o valor de compra daquele produto, e está resolvido o problema. Nada disso! Há custos fixos e variáveis a serem analisados, que certamente irão compor o preço do produto. Há margens, custos financeiros, custos de investimentos, enfim, tudo deve ser colocado na balança para que você venda bem e saiba exatamente quanto está lucrando, ou seja, qual seu lucro líquido.

Altas despesas

Despesas muito altas e o desperdício, principalmente, ajudam a explicar uma situação como esta: por que não tenho dinheiro se as vendas vão bem? É preciso ter total controle de gastos e atenção nas despesas.

Então como resolver essa situação?

Tente negociar com seus clientes e fornecedores. Diminua o prazo de recebimento e aumente o prazo de pagamento aos fornecedores.

De cara você vai dizer que não é possível. Mas você tentou? Quem não tenta não consegue! Cobre quem está lhe devendo e busque medidas que não permitam o aumento da inadimplência. Precifique corretamente cada produto e analise com uma lupa as suas despesas. Pronto! Se fizer o dever de casa, essa situação de não ver a cor do dinheiro não acontecerá mais com você, tenho certeza disso!

Comentários


bottom of page